Turismo de Negócios de BH

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home

“BH AOS OLHOS DO MUNDO” BUSCA ALAVANCAR TURISMO

E-mail Imprimir PDF

Cerca de 70 empresários da cadeia do turismo se reúnem, hoje e amanhã, em Belo Horizonte, para conhecer modelos de negócios aplicáveis ao seu setor, que tenham como foco o aumento do turismo na Capital mineira. Eles estão mobilizados em torno do último seminário do ano sobre o projeto “BH aos olhos do mundo”, no auditório do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Minas Gerais (Sebrae Minas), no bairro Nova Granada, região Oeste da Capital mineira.

O evento, promovido pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), em parceria com o Belo Horizonte Convention & Bureau Visitors Bureau (BHC&VB) e o Sebrae Minas, terá palestras ministradas por consultores da Gaining Edge, empresa responsável pela execução do projeto, que é referência internacional em consultoria para a indústria de eventos de negócios.

De acordo com o vice ­presidente da CDL­BH e presidente do BHC&VB, Anderson Rocha, o objetivo do projeto é atrair mais eventos internacionais para a Capital, por meio de um plano estratégico dividido em três etapas. Na primeira fase, lançada há um ano, foram realizadas entrevistas com as principais lideranças da cadeia do turismo na cidade, com o intuito de mapear as fragilidades e potencialidades do setor. Depois, foi desenvolvido um roteiro tático e operacional de ações para o fortalecimento do segmento. Agora, na última fase, os empresários vão conhecer as ações que podem ser implementadas por eles para incluir Belo Horizonte de forma permanente na rota turismo de negócios internacionais.

“Queremos mobilizar a cadeia produtiva do turismo com setores econômicos da cidade e da região metropolitana que apresentam vantagens competitivas como saúde, ciências da vida, tecnologia da informação e comunicação (TI&C), moda, gastronomia, educação, mineração, siderurgia, automotivo e energia. Nossa ênfase é informar às pessoas que Belo Horizonte é uma cidade pronta para assumir um papel competitivo, como uma plataforma de eventos e negócios”, explica Rocha.

Impactar a economia ­ Desde novembro de 2015, são discutidas e executadas estratégias para impactar a economia de forma eficaz, tornando a região um destino de negócios mais dinâmico e competitivo na esfera global, tendo como propósito final a ampliação do desenvolvimento econômico.

Segundo o executivo, a cidade deve se inspirar naquilo que ela já tem de bom. A superoferta de hospedagem, por exemplo, não precisa ser um problema se nos posicionarmos como uma cidade capaz de receber grandes eventos oferecendo conforto e comodidade aos visitantes, sem filas e estresse.

“É hora de nos apropriarmos das nossas qualidades e trabalharmos em conjunto, ampliando os resultados. Podemos nos valer de técnicas para que a cidade se posicione competitivamente no Brasil e no mundo”, avalia o vice­presidente da CDL­BH, que já abriu diálogo com a equipe do novo prefeito, que toma posse em 1º de janeiro. “Todo esse material que desenvolvemos já foi apresentado à nova administração e temos confiança no apoio e valorização da cadeia produtiva por meio de políticas públicas, pondera Rocha.

Fonte: Diário do Comércio