Turismo de Negócios de BH

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home

BH GANHA APP QUE REÚNE VARIADOS PLAYERS

E-mail Imprimir PDF

Um aplicativo colaborativo que busca reunir em um só ambiente os variados players interessados no mercado de startups e empreendedorismo digital. O BH Capital da Inovação tem a missão de facilitar a interação entre empresas, investidores, profissionais e estudantes e, com isso, potencializar o setor na capital mineira.

O app funciona como uma central em que os envolvidos podem encontrar desde as empresas do setor que atuam na capital mineira até cursos, vagas de trabalho, entre outros. “Tudo isso está reunido em um só ambiente. O objetivo é impactar essa comunidade com diversos eventos e informações, buscando maior interação e parceria entre o setor”, afirma o criador do aplicativo e fundador do projeto BH Capital da Inovação, Gedeon Antunes. Ele acrescenta que o propósito da ferramenta é “colaborar com as novas startups em sua jornada empreendedora”.

Com um mês de funcionamento, o aplicativo já divulgou 45 vagas de trabalho em startups de Belo Horizonte. O processo é simples para quem busca uma oportunidade ou quer divulgar alguma vaga. Em um campo específico, a empresa cadastra a vaga disponível e em outro o profissional faz a busca e é informado sobre detalhes de cada uma das opções disponíveis. O usuário do aplicativo pode consultar uma a uma todas as empresas cadastradas e o serviço prestado ou produto ofertado por elas. Para isso, as empresas precisam cadastrar­se no app. Dentre as demais funcionalidades da plataforma, estão: empresas que prestam serviços para startups? notícias? vídeos? entrevistas? espaços de trabalho, como coworkings, chat e editais. Em um campo podem ser vistos os eventos programados pelo setor. Apenas em setembro, mais de uma dezena foram incluídos na lista, como o Mova­se: O poder da liderança criativa, workshop sobre o papel do líder em um processo inovador. Até novembro, já estão previstos mais de 20 eventos.

Diferentemente do mercado tradicional, o setor de startups consegue driblar a crise. Segundo números da Associação Brasileira de Startups, em 2011, eram menos de 200 empresas do setor em todo o país. Neste ano, o número supera a marca de 4 mil ­ 20 vezes mais. Apenas Minas Gerais, segundo estado com maior número de startups, são 357, ou seja mais que o dobro do verificado no Brasil há cinco anos. O aplicativo BH Capital da Inovação já concentra mais de 55 startups, mas com a meta de ter na plataforma 200 empresas até o final de 2016.

O aplicativo BH Capital da Inovação pode ser baixado gratuitamente para os sistemas operacionais Android e iOS.

Fonte: Diário do Comércio