Turismo de Negócios de BH

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Turismo de Negócios e Eventos - Belo Horizonte

MUNDO DIGITAL EM DISCUSSÃO EM BH

E-mail Imprimir PDF

Chances de sucesso no mundo digital atraem mais de 1,5 mil participantes a debate em BH.

Em tempos de crise econômica e aumento de desemprego, 72% dos brasileiros estão à procura de um segundo emprego ou alternativas para ganhar um dinheiro extra – segundo dados de pesquisa realizada pelo Instituto Data Popular, realizada com 3,5 mil pessoas em 153 municípios do país. Um ramo que tem se tornado uma boa alternativa é o mundo digital: caminho aberto para o empreendedorismo e o lucro. As dicas e segredos de quem já se deu bem nesse setor serão debatidas no FIRE 2016, evento que vai reunir os grandes nomes do empreendedorismo digital no Brasil e no mundo, entre os dias 31 de agosto e 1º de setembro em Belo Horizonte.

Durante dois dias, os mais de 1,5 mil participantes do FIRE vão responder a questões sobre como ter sucesso e ganhar dinheiro na internet e como usar a web para expandir um negócio, dando dicas do que é realmente necessário para entrar ou crescer no mercado digital.

O FIRE foi criado pela Hotmart, empresa pioneira na distribuição e venda de produtos digitais no Brasil, e vai reunir nomes como Casey Neistat, um dos influenciadores digitais mais importantes do mundo e que, pela primeira vez, vai realizar uma palestra no Brasil. Neistat é um dos principais especialistas em viralização de conteúdo e responsável por grandes cases, com a Nike e Mercedes-Benz. Além disso, em 2015, lançou seu próprio aplicativo: o Beme, app de compartilhamento de vídeos efêmeros, ou seja, que desaparecem depois de serem vistos.

Leia mais...
 

BELO HORIZONTE VAI SEDIAR CAMPUS PARTY PELA PRIMEIRA VEZ

E-mail Imprimir PDF

Expominas recebe edição mineira do evento no mês de novembro

Um dos maiores encontros de tecnologia do mundo, a Campus Party será realizada pela primeira vez em Belo Horizonte. O evento acontece entre os dias 9 e 13 de novembro, como parte da Feira Internacional para Negócios em Inovação e Tecnologia (Finit), que será realizada no Expominas.

Os “campuseiros” – como ficaram conhecidos os participantes que levam barracas e gadgets e moram durante alguns dias no encontro – da capital mineira terão acesso a maratonas, desafios tecnológicos, palestras, workshops, atividades e hackatonas (maratonas de programação). O primeiro lote de ingressos já está à venda e custa R$ 120 (sem barraca) e R$ 195 (com barraca). Interessados podem adquiri-los na página do evento campuse.ro/events/campus-party-minas-gerais-2016 .

De acordo com o subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado, Leonardo Dias, o objetivo de se realizar um evento como esse aqui é fomentar a inovação e o empreendedorismo. “Estamos vivendo uma revolução tecnológica e o momento econômico mundial demonstra que vai haver cada vez mais tecnologia e menos emprego, por isso precisamos de jovens empreendedores. E nada melhor para estimulá-los do que trazer um evento que tem essas características no seu DNA”, disse. “A Campus Party de São Paulo é a maior do mundo e a mineira é a segunda maior delegação participante, então nós já a adotamos. Agora apenas vamos fazer uma com a nossa cara”.

No Brasil

Público. A Campus Party acontece em São Paulo desde 2008 e em Recife desde 2012. A última edição paulista, realizada no início deste ano, teve 8.000 participantes na área paga e 120 mil no setor grátis.

Evento

Feira. Além da Campus Party, a Finit contará também com a Open Innovation Week e o 100 Open Startups.

Fonte: O Tempo

 

 

LAST_UPDATED2
 

ESTRANGEIROS SÃO SÓ ELOGIOS À INFRAESTRUTURA, HOSPITALIDADE E CLIMA FAVORÁVEL EM MINAS

E-mail Imprimir PDF

Se no Rio de Janeiro as reclamações são muitas, as delegações que escolheram cidades mineiras como base não têm tido do que reclamar.

Hospitalidade dos moradores, clima ameno e as boas condições para treinos são os pontos destacados pelos estrangeiros. Dentro dos centros de treinamento, estrutura de qualidade igual à dos espaços de competição olímpicos. Fora, um clima considerado amistoso, inclusive com temperatura próxima à que será vivenciada na capital fluminense.

Os 58 atletas britânicos que já estão em Belo Horizonte para se aclimatar fizeram o dever de casa cinco anos atrás, ao selecionar as instalações do Minas Tênis Clube e do Centro de Treinamento Esportivo (CTE) da UFMG como quartéis-generais. Agora, dispõem de estrutura que tem sido muito elogiada. Ao todo, 190 atletas de 17 modalidades passarão por BH.

“Trouxemos equipamentos de academia de primeira qualidade do nosso país e outros instrumentos de competição que serão exatamente aos usados nos Jogos. Tudo isso será doado para os espaços que nos receberam tão bem, como forma de legado”, disse o chefe da delegação britânica, Paul Ford.

Ao ser perguntado sobre como os atletas estão se sentindo na capital mineira (já que por enquanto os competidores estão orientados a não conceder entrevistas para não atrapalhar os treinos), o britânico faz um comparativo com sua própria experiência, uma vez que desde que BH foi escolhida ele já veio 18 vezes para a cidade. “Adoro vir aqui. Já me sinto um belo-horizontino. Nossos atletas encontraram foco e condições de treino, mas também receptividade dessas pessoas maravilhosas que fazem nossa estada muito mais fácil”, afirma Ford. “A única diferença dos atletas para mim é que eu posso comer pão de queijo e eles, por causa da dieta específica, só vão comer alimentos trazidos da Europa”, completa, aos risos.

Leia mais...
 

JOGOS OLÍMPICOS 2016

E-mail Imprimir PDF

 

A arena mineira terá dez jogos, com a disputa da medalha de bronze e um dos duelos das quartas de final da competição masculina. No feminino, o Gigante da Pampulha também sediará um jogo de quartas de final e também a semifinal. Na fase de grupos, serão oito partidas, sendo quatro confrontos femininos e dois masculinos. 


Belo Horizonte já tem uma bilheteria para venda presencial de ingressos para os Jogos Olímpicos Rio 2016. A meta agora é esquentar as vendas para as partidas do torneio de futebol, que promete confrontos empolgantes na capital mineira.


BH vai receber atrações como a seleção masculina da Alemanha e a feminina dos Estados Unidos, atual tricampeã olímpica. 


Tabela dos Jogos: 
Dia 3 - 19h - EUA x Nova Zelândia (feminino)
Dia 3 -  22h - França x Colômbia (feminino)
Dia 6 - 17h - EUA x França (feminino)
Dia 6 - 20h - Colômbia x Nova Zelândia (feminino)
Dia 10 - 13h - Argélia x Portugal (masculino)
Dia 10 - 16h - Alemanha x Fiji (masculino)
Dia 12 - 22h - Quartas-de-final (feminino)
Dia 13 - 19h - Quartas-de-final (masculino)
Dia 16 - 16h - Semifinal (feminino)
Dia 20 - 13h - Medalha de Bronze (masculino)

LAST_UPDATED2 Leia mais...
 

GOVERNO DE MINAS ANUNCIA NOVAS ROTAS DE VOOS PARA O INTERIOR

E-mail Imprimir PDF

Doze municípios de Minas contarão, a partir de agosto, com voos diretos para o aeroporto da Pampulha, em aeronaves de baixo custo fretadas para transporte de passageiros e cargas.

A partir da segunda quinzena de agosto, 12 municípios de Minas Gerais terão voos diretos para Belo Horizonte. O Projeto de Integração Regional de Minas Gerais Modal Aéreo (Pirma) do governo do estado escolheu Curvelo, Diamantina, Divinópolis, Juiz de Fora, Muriaé, Patos de Minas, Ponte Nova, São João del-Rei, Teófilo Otoni, Ubá, Varginha e Viçosa para integrar a primeira fase da iniciativa. Ao todo, serão 60 voos semanais dessas cidades até o aeroporto da Pampulha, na capital.

O governo de Minas vai assumir o custo operacional da operação para viabilizar a medida. De acordo com a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), que, com a Secretaria de Transportes e Obras Públicas (Setop), é responsável pela implementação do projeto, uma pesquisa de mercado verificou a aceitação do emprego de aviões monomotores de baixo custo operacional – Cessna Grand Caravan 208 B – para ofertar o serviço de transporte de passageiros e de carga. Foram ouvidas 2.100 pessoas em 31 municípios.

A escolha das cidades foi feita seguindo o critério de municípios que apresentavam demanda, mas que não tinham rotas operadas pela aviação regular. Outro requisito observado foi a capacidade financeira da população em função do valor das tarifas. As passagens serão vendidas via site (www.voeminasgerais.com.br) e por aplicativos para tablets e smartphones. Cada voo cobrirá em média 200km e custará em R$ 300 por passageiro, em média.

 

Juiz de Fora, na Zona da Mata, é a cidade que terá o maior número de voos semanais. Serão 11 partidas sentido BH e o mesmo número de chegadas de voos da capital por semana. Divinópolis, São João del-Rei e Curvelo também terão voos todos os dias. Diamantina terá três voos semanais, enquanto Ponte Nova, Ubá e Muriaé terão apenas dois. A operação ocorre somente em dias úteis para todas as cidades.

 

LAST_UPDATED2 Leia mais...
 


Página 10 de 85